domingo, 1 de maio de 2016

AO LADO DO MEU AMIGO E PROF. CARLO PEIXOTO DA PÓS GRADUAÇÃO / GESTÃO E NEGÓCIOS !

AULA PARA O CONCURSO PM / PE COM O TEN. GLADSTONE !





Fui aprovado em concurso, tenho direito a ser nomeado ?

Fui aprovado em concurso tenho direito a ser nomeado

Quando as listas de aprovação são divulgadas, muitos candidatos ficam felizes e apreensivos ao mesmo tempo. Esse misto de sentimento se deve à incerteza sobre ter ou não o direito à nomeação. O aprovado tem direito à nomeação ou somente à expectativa de direito?

Em 2011, o Supremo Tribunal Federal decidiu essa questão e foi dada repercussão geral ao tema.
Para o STF o candidato aprovado dentro das vagas divulgadas no edital tem direito à nomeação. Já aqueles que, embora aprovados, não se classificaram nas vagas previstas, somente têm expectativa de direito.
De acordo com o Ministro Relator, Gilmar Mendes, a boa-fé da administração exige o respeito incondicional às regras do edital.
É bastante comum os órgãos preencherem número maior de vagas do que o publicado no edital e isto é plenamente possível e juridicamente correto. O que não pode é prever, por exemplo, 200 vagas e nomear número menor de candidatos.
A nomeação em número menor, em tese, somente é permitida se os candidatos não cumprirem com os requisitos previstos no edital. Fora isso, segundo o STF, somente situações excepcionais poderão justificar tal situação.
De acordo com o Ministro Gilmar Mendes:
"[...] tais situações devem apresentar as seguintes características: Superveniência - eventuais fatos ensejadores de uma situação excepcional devem ser necessariamente posteriores à publicação de edital do certame público; Imprevisibilidade - a situação deve ser determinada por circunstâncias extraordinárias à época da publicação do edital; Gravidade – os acontecimentos extraordinários e imprevisíveis devem ser extremamente graves, implicando onerosidade excessiva, dificuldade ou mesmo impossibilidade de cumprimento efetivo das regras do edital; Crises econômicas de grandes proporções; Guerras; Fenômenos naturais que causem calamidade pública ou comoção interna; Necessidade – a administração somente pode adotar tal medida quando não existirem outros meios menos gravosos para lidar com a situação excepcional e imprevisível."

UFRPE retifica Concurso para cargos Técnico-Administrativos !

UFRPE retifica Concurso para cargos Técnico-Administrativos
A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) publicou a retificação do edital de abertura do Concurso Público que visa o provimento de cargos Técnicos-Administrativos.
Dentre as alterações constam itens referente aos requisitos de algumas funções, bem como em itens do Conteúdo Programático. Para obter mais detalhes acesse os editais completos em nosso site.
Este Concurso contempla os cargos de Administrador (3 vagas), Assistente em Administração (22 vagas), Auxiliar em Administração (3 vagas); Contador (1 vaga); Farmacêutico (1 vaga); Físico (1 vaga); Médico/Área Psiquiatria (1 vaga); Técnico em Eletrotécnica (1 vaga); Técnico em Higiene Dental (1 vaga); Técnico em Tecnologia da Informação (2 vagas); Médico Veterinário/ Área Clínica Médica Veterinária (1 vaga); Médico Veterinário/ Área Patologia Clínica Veterinária (1 vaga); Técnico de Laboratório/ Área Solos (1 vaga); Assistente de Laboratório/ Biologia (1 vaga); Bibliotecário/ Documentalista (1 vaga); Enfermeiro (1 vaga); Engenheiro/Área Civil (1 vaga); Técnico de Laboratório/Área Histologia (1 vaga); Técnico em Refrigeração (1 vaga); Técnico de Laboratório/ Área: Eletrônica (1 vaga); Técnico em Tecnologia da Informação (1 vaga).
Os profissionais vão receber salários que variam de R$ 1.739,04 a R$ 3.666,54, acrescido ainda de auxílio alimentação no valor de R$ 458,00, correspondente a jornadas de 20h ou 40h semanais.
As oportunidades acima mencionadas destinam-se aos Campi de Dois Irmãos, Garanhuns, Serra Talhada, e Cabo de Santo Agostinho.

Se você tem interesse em participar, saiba que as inscrições devem ser feitas via internet, até o dia 22 de maio de 2016, no site www.sugep.ufrpe.br. A taxa de inscrição é paga por meio de boleto bancário.
Os candidatos serão classificados mediante aplicação de Provas Objetivas e Práticas. A previsão é que a primeira etapa aconteça no dia 03 de julho de 2016.
Para auxiliar nos estudos você pode adquirir em nosso site a Apostila Digitalelaborada de acordo com o conteúdo programático exigido.

Este Concurso tem validade de dois anos, a contar da publicação no Diário Oficial da União da homologação do resultado, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da UFRPE.

sábado, 30 de abril de 2016

AULA DE EMPREENDEDORISMO NA UNIFAVIP / PÓS GRADUAÇÃO !










Governo fará concurso para 300 vagas no Corpo de Bombeiros !


Depois da abertura de concursos públicos para as polícias Civil e Militar, o governo do estado prometeu, ainda para este ano, o lançamento do edital para a realização do concurso para o preenchimento de 300 vagas para soldados do Corpo de Bombeiros de Pernambuco. 

O anúncio foi feito na última quarta-feira após as negociações entre o governo e os representantes dos PMs e Bombeiros que descartaram a possibilidade de greve.

Confira a reportagem completa no blog Segurança Pública

ODAC abre 400 vagas de recenseador em São Paulo !

ODAC
Organização do Aluno Consciente (ODAC), situada no município de Suzano, noEstado de São Paulo, lançou edital de concurso para preenchimento de 400 vagasdestinadas à realização do Censo Estudantil 2016. A oferta é para os candidatos que possuem os níveis fundamental e médio, com remunerações que chegam até R$ 1.605. 

Quem possui o ensino fundamental completo pode se inscrever nas funções de agente recenseador área da saúde (150 vagas), agente recenseador área da educação (100), agente recenseador área da habitação (30) e agente recenseador área esporte, cultura e lazer (30). Os salários iniciais são de R$ 1.245. 

Aqueles que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de agente administrativorecenseador área da saúde (20), agente administrativo recenseador área da educação (20), agente administrativo recenseador área habitação (10), agente administrativo recenseador área esporte, cultura e lazer (10), agente supervisor recenseador área da saúde (10), agente supervisor recenseador área da educação (10), agente supervisor recenseador área da habitação (5) e agente supervisor recenseador área esporte, cultura e lazer (5). As remunerações oscilam entre R$ 1.345 e R$ 1.605. 

A organização também oferece vale refeição, como benefício, nos valores de R$ 250 para agente recenseador, R$ 280 para agente administrativo recenseador e R$ 320 para agente supervisor recenseador. 

sexta-feira, 29 de abril de 2016

ESSE NOME APROVA !!!






Perícia aponta que ciclovia no Rio caiu por estar só encaixada em pilares !

Trecho da ciclovia Tim Maia que desabou com a ressaca do mar, matando 2 pessoas
O trecho da ciclovia Tim Maia desabou no mar após ser atingido por uma onda porque a pista não estava presa aos pilares, apenas encaixada. Essa é a conclusão da perícia do Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ) e consta da representação que instaura inquérito civil público para apurar as responsabilidades pelo acidente, no dia 21. Dois homens caíram no mar revolto e morreram.
O MP-RJ vistoriou a ciclovia na tarde do desastre. Na representação, informa ter verificado a existência de um pilar com rachaduras. A obra foi inaugurada em 17 de janeiro deste ano. Custou R$ 45 milhões, segundo a Prefeitura do Rio. No documento, o promotor Vinicius Leal Cavalleiro afirma "que houve minimamente uma falha, ou na concepção do projeto, por parte do poder público contratante e/ou na execução deste mesmo projeto (eis que, além de mal projetado, este pode ter sido também mal executado)".
O promotor sustenta a afirmação no laudo preliminar do Grupo de Apoio Técnico Especializado (Gate), do MP-RJ, elaborado pelo arquiteto e urbanista Eduardo Nei de Jesus Vieira e pela engenheira civil Manoela de Moraes Silva, ambos peritos. O inquérito civil investiga suspeita de improbidade administrativa na contratação do consórcio Concremat-Concrejato, executor da obra, pela Geo-Rio (vinculada à prefeitura).

Secretário

Os responsáveis legais do grupo empresarial são parentes do secretário municipal de Turismo, Antônio Pedro Figueira de Melo, que é investigado pelo MP-RJ. O secretário declarou, por meio de sua assessoria, que "está à disposição do Ministério Público e tem total interesse que fique comprovado que ele não tem nem nunca teve qualquer relação com a empresa além do parentesco".
A prefeitura informou, em nota, que "não tem conhecimento dessas investigações, mas está à disposição para prestar todos os esclarecimentos". O consórcio informou que só se pronunciará no fim das investigações.
As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

INCA abre Processo Seletivo com 30 vagas para Técnico em Radioterapia !

INCA abre Processo Seletivo com 30 vagas para Técnico em Radioterapia
O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), informa a abertura das inscrições do Processo Seletivo para a contratação de novos profissionais da área da saúde.
Ao todo estão disponíveis 30 vagas no cargo de Técnico em Radioterapia. Candidatos com curso técnico de Radiologia ou Tecnólogo em Radiologia, curso de Extensão Técnica em Radioterapia ou curso de Formação ou Extensão ou Aperfeiçoamento em Radioterapia e registro no Conselho Regional de Técnicos em Radiologia, podem se inscrever.
O salário é de R$ 3.037,57, mais benefícios, para desempenhar atividades em jornadas semanais de 24 horas.
As inscrições estão abertas e devem ser realizadas até o dia 6 de maio de 2016, pelo site www.inca.gov.br.

Segurança Pública/GO: 3.000 vagas para este ano !

PM
A Assembleia Legislativa de Goiás aprovou, no último dia 21, projeto de lei de cria cargos para os quadros das polícias Civil e Militar do Estado. Com isso, falta pouco para que seja realizado concurso público para 3.000 vagas.

Depois que o governador Marconi Perillo assinar os documentos, estes serão encaminhados à Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan) para que, enfim, seja dada a continuidade ao processo seletivo. 

No caso da Polícia Militar, serão 2.500 oportunidades para soldado de 3ª classe. O cargo destina-se aos candidatos com ensino médio e tem remuneração em torno de R$ 1.500, podendo chegar a R$ 3.000 com as bonificações.

As demais 500 chances ficarão para o quadro de pessoal da Polícia Civil de Goiás (PM/GO). Tais ofertas serão para a função de agente, que também exige nível médio completo e apresenta salário de R$ 1.500, sem incluir os benefícios.

Os postos ficarão reunidos em um único edital, que está previsto para ser publicado ainda este ano. A Escola do Governo já iniciou os preparativos para a escolha da banca organizadora e trabalha com a expectativa de que as provas ocorram em setembro e de que a homologação fique para abril de 2017.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Ceron/RO amplia inscrições de concurso para 936 vagas !


CERON
Centrais Elétricas de Rondônia S/A (Ceron) prorrogou, até o dia 19 de maio, o prazo das inscrições do concurso público que conta com 936 oportunidades, sendo 104 imediatas e 832 para formação de cadastro reserva (CR), em cargos de todos os níveis de escolaridade.

Quem concluiu o ensino fundamental pode se inscrever para eletricista auxiliar (45 + 384 CR).

Nível médio é requisito para os postos de técnico em eletrotécnica (1 + 30 CR), técnico em telecomunicação (1 + 2 CR), suporte administrativo (3 + 60 CR), eletricista motorista (45 + 286 CR) e técnico em segurança do trabalho (4 CR).

Profissionais com formação superior escolhem entre as carreiras de engenheiro elétrico (3 + 30 CR), engenheiro civil (1 + 3 CR), engenheiro de segurança do trabalho (1 + 2 CR), advogado (1 + 5 CR), comunicador social (2 CR), contador (1 + 10 CR), arquivista (1 CR), assistente social (2 CR), administrador (3 CR), analista de sistemas (1 + 3 CR) e economista (1 + 5 CR).

Os salários propostos estão entre R$ 1.294,48 e R$ 7.625,09 para jornadas de trabalho de 40 horas semanais, exceto para assistente social (30 horas).


Inscrições no concurso



As participações no concurso da Ceron serão recebidas pelo endereço eletrônico da AVR Assessoria Técnica Ltda – EPP (www.exatuspr.com.br), organizadora do processo seletivo.

PM/TO lançará edital com 1.000 vagas em agosto !

PM
O edital do novo concurso da Polícia Militar do Tocantins (PM/TO) já tem data para ser publicado. De acordo com informações do Governo, o certame será lançado em 25 de agosto, quando se comemora o dia do soldado.

Anunciado em 13 de janeiro pelo coronel da PM do Tocantins, Glauber de Oliveira Santos, o processo seletivo deve contemplar 1.000 oportunidades para o cargo de soldado.

Com base na última seleção, o cargo de soldado requer ensino médio completo; idade entre 18 e 30 anos; altura mínima de 1,63m (homens) ou 1,60m (mulheres); além do cumprimento dos deveres militares, civis e eleitorais.

O novo concurso da PM/TO virá com a finalidade de intensificar o combate à violência, principalmente na zona sul da capital. 

Seleção anterior da PM/TO


Em 2013, a Polícia Militar/TO promoveu concurso que visou ao preenchimento de 300 vagas de soldado. Na ocasião, a banca organizadora foi a empresa Consulplan.

O órgão ofereceu, durante o período de formação, um auxílio financeiro de R$ 800. Para os aprovados no curso, os vencimentos passaram a ser de R$ 3.057,77, mais vale-alimentação.

A triagem ocorreu por meio de seis etapas: provas objetiva e discursiva (redação); exame de capacidade física; avaliação psicológica; exames médico e odontológico; investigação social; e curso de formação.

Na primeira fase, a do teste objetivo, os candidatos responderam questões de língua portuguesa; raciocínio lógico; atualidades e conhecimentos regionais; e noções de direito, informática e pertinentes à PM/TO

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Saiba se você tem valores do PIS a receber !

Saiba se voc tem valores do PIS a receber

FUNDO DO PIS PARA QUEM TRABALHOU ATÉ 1988:

1. O que é o Fundo PIS/Pasep? Até 1988, as empresas e órgãos públicos depositavam dinheiro nesse fundo em nome de todos os funcionários e servidores contratados. Cada trabalhador é um cotista do fundo.
2. Quem tem direito a receber? Quem trabalhou como contratado em uma empresa ou servidor público antes de 1988 e não sacou todos os recursos do fundo ainda.
3. Quanto é possível receber? Essas pessoas têm direito a receber, a cada ano, os rendimentos de sua parte no fundo. Esse direito é diferente do abono salarial (o abono do PIS), concedido pelo Ministério do Trabalho e Emprego.
Além disso, os trabalhadores que têm dinheiro no FundoPIS/Pasep podem sacar o valor total disponível quando se aposentam, ficam com uma doença grave ou completam 70 anos. Em caso de morte, os valores devem ser pagos aos dependentes.
4. Como descobrir se tenho direito? Para saber se tem algo a receber, quem trabalhou antes de 1988 deve procurar: uma agência da Caixa Econômica Federal, se trabalhava numa empresa privada; um agência do Banco do Brasil, se era servidor público. É preciso levar um documento com foto e informar seu número PIS ou Pasep. Se não souber, basta apresentar nome e CPF do trabalhador.

ABONO SALARIAL – PIS:

5. O que é o abono salarial?
O Abono Salarial equivale a um salário mínimo e o pagamento é efetuado conforme calendário anual estabelecido pelo CODEFAT.
6. Quem tem direito ao abono?
No ano anterior, ter trabalhado por 30 dias pelo menos com carteira assinada;
No ano anterior, receber no máximo 2 salários mínimos por mês em média;
Ter 5 anos ou mais de cadastro no PIS/PASEP;
A empresa ou órgão em que trabalho no ano anterior precisa ter informado o seu nome na relação entregue ao ministério do Trabalho conhecida como RAIS.
7. Como será feito o pagamento?
por crédito em conta, quando o trabalhador possui conta corrente ou poupança na Caixa;
nos caixa eletrônicos, nas Casas Lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui utilizando o Cartão do Cidadão;
em agência da Caixa, apresentando o número do PIS e um documento de identificação.
8. Qual a diferença entre Pis e Pasep?
PIS é pago através da Caixa Econômica Federal apenas à trabalhadores da iniciativa privada. O pagamento do seu benefício de abono salarial é feito levando em consideração as datas de nascimento dos trabalhadores.
PASEP é pago através do Banco do Brasil apenas aos servidores públicos. O Abono salarial PASEP é pago de acordo com o último dígito do número do PASEP do beneficiado.
9. Doméstica tem direito a receber o Pis?
Não. De acordo com a natureza do PIS e relação empregatícia da Empregada Doméstica com o seu patrão ainda não é possível que ela possa ser incluída na lista de beneficiários do PIS até o momento, mas que pode ser alterado no futuro.
10. Quando irei receber o abono do pis de 2016?
Consulte o calendário do Abono salarial de 2016 no site da CEF.
11. Como sacar o Abono Salarial de trabalhador falecido?
No caso de falecimento do titular beneficiário do Abono Salarial, o pagamento ocorre por meio de Alvará Judicial, no qual deverá constar a identificação completa do representante legal e o ano-base do Abono Salarial.
12. O que acontece se eu não receber meu Abono Salarial?
Caso você não saque o Abono Salarial dentro do calendário anual de pagamentos, o valor é devolvido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT.
13. Quando é possível o saque das Quotas do PIS?
O saque de Quotas é permitido nos seguintes casos:
- Aposentadoria;
- Benefício Assistencial à pessoa portadora de deficiência e ao idoso;
- Doenças listadas na Portaria Interministerial MPAS/MS 2.998/2001 (do participante ou dependente);
- Idade igual ou superior a 70 anos;
- Invalidez (do participante ou dependente) / Reforma militar;
- Morte do participante;
- Neoplasia maligna - câncer (do participante ou dependente);
- SIDA/AIDS (do participante ou dependente);
- Transferência de militar para a reserva remunerada.

Lei dá garantia a bancos em uso do FGTS no Minha Casa, Minha Vida !


Os bancos passam a ter garantia do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) nos contratos de financiamento do programa Minha Casa, Minha Vida, com prestações parcialmente custeadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
Diário Oficial trouxe hoje (27) uma medida provisória, convertida em lei, que mudou as regras do Programa Minha Casa, Minha Vida para garantir o pagamento quando o beneficiário não quitar as prestações do imóvel. O objetivo é assegurar ressarcimento ao FGTS quando as prestações dos imóveis não forem pagas. O FAR deverá assumir a dívida do agente financiador e cobrar as prestações atrasadas do mutuário.
A lei amplia a garantia feita pelo FAR, que compensa quando as prestações não são pagas por causa da morte ou invalidez permanente do mutuário ou quando há danos físicos ao imóvel financiado.
"O FAR poderá prestar garantia à instituição financeira em favor do beneficiário nos casos de operações de financiamento habitacional ao beneficiário com desconto concedido pelo FGTS para aquisição de imóveis", diz a lei.
Foi vetado dispositivo, incluído pela Câmara dos Deputados, que direcionava 10% dos recursos destinados pela União ao programa Minha Casa, Minha Vida para a construção de imóveis para pessoas de baixa renda em municípios com menos de 50 mil habitantes. Na explicação para o veto, o governo diz que o dispositivo não prioriza o atendimento do programa nos municípios com maior déficit habitacional.
Leia mais em: http://zip.net/bjtcst