domingo, 21 de janeiro de 2018

Seduc/AM: concurso segue previsto para fevereiro !

SEDUC
Está previsto para ser divulgado em fevereiro o edital do novo concurso com milhares de oportunidades para o quadro de pessoal da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas (Seduc/AM).

O secretário José Augusto Melo já havia informado que o certame terá 8.100 vagas, sendo 7.000 para professor e as outras 1.100 para diversas carreiras nos mais variados níveis de escolaridade. As chances para docente ficarão distribuídas entre a capital (3.000) e o interior do Estado (4.000).

O próximo passo é contratar a banca organizadora, o que deve ocorrer em breve, ainda mais que a intenção do órgão é convocar os profissionais classificados no concurso da Seduc/AM em novembro de 2018

Último concurso da Seduc/AM


Em 2014, foi divulgado o edital do concurso da Seduc/AM com 7.043 oportunidades distribuídas em cargos de todos os níveis de escolaridade.

Para os candidatos com ensino fundamental havia 768 chances para merendeiro, enquanto os profissionais com nível médio puderam concorrer a uma das 85 ofertas de assistente técnico.

O diploma de formação superior habilitou a participação para uma das 6.190 vagas nas funções de assistente social, bibliotecário, contador, engenheiro, estatístico, nutricionista, psicólogo e professor nas disciplinas de artes, ciclo regular, biologia, ciências, educação especial, libras, educação física, ensino religioso, filosofia, física, geografia, história, português, inglês, matemática, metodologia, química e sociologia.

Sob organização da Fundação Getúlio Vargas, a triagem constou de provas objetivas com questões sobre língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais e/ou conhecimentos específicos, de acordo com o posto pretendido. Também foram aplicados um teste prático e uma avaliação de títulos para algumas carreiras.

sábado, 20 de janeiro de 2018

DEVEMOS FUGIR DAS FALSAS PROMESSAS ( PARTE I ) !!!

AULA DE L D B COM A PROFESSORA Káttylla Felix / UNIDADE DE SÃO BENTO DO UNA !!!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

A imagem pode conter: 1 pessoa, carro e atividades ao ar livre

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A imagem pode conter: carro



Santander abre 1.550 vagas para gerentes e estagiários !

Iniciativa privada
Com objetivo de atender seu plano de expansão no segmento de pequenas e médias empresas, o banco Santander abriu processo seletivo visando a contratação de 350 profissionais para o cargo de gerente de relacionamento e também cerca de 1.200 estagiários em todas as regiões do país.

Gerente de relacionamento Santander

De acordo com assessoria de imprensa, o perfil de profissional buscado para o posto degerente de relacionamento – empresas (níveis I, II e III) é de pessoas empreendedoras, com paixão pelo trabalho, garra, forte orientação ao cliente e capacidade de entrega de resultados. Os talentos podem ter experiências tanto em instituições financeiras quanto em outros mercados, que atuem em vendas consultivas e que prezem pelo atendimento qualificado. “Assim podemos cada vez mais construir uma cultura diversa, somar novos conhecimentos e experiências”, explica Ede Viani, diretor do departamento de empresas, governos & instituições e agronegócios no Banco Santander Brasil.
Também é necessário ter a Certificação Profissional Anbima Série 10 (CPA 10). Porém, os candidatos aprovados no processo que ainda não tiverem a qualificação poderão fazer o curso gratuitamente pela Universia.
As posições estão distribuídas nos Estados de São Paulo, Bahia, Sergipe, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Piauí, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Minas Gerais, Brasília, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Amazonas, Ceará, Pará, Amapá, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
Os interessados em participar do processo seletivo devem cadastrar currículo na seção “Trabalhe Conosco” do site www.santander.com.br.

Vagas de Estágio 2018

Além das oportunidades na carreira de gerente, o Santander abrirá cerca de 1.200 postos de estágio em pequenas e médias empresas clientes do banco. O “Programa Universitário – Empresas” é uma iniciativa para aproximar as companhias-clientes aos grandes centros de ensino e de pesquisa tecnológica do Brasil, além de apoiar a formação prática dos universitários por meio de sua preparação para o mercado de trabalho.
O estágio terá duração de quatro meses, com carga horária de quatro horas diárias e bolsa-auxílio de R$ 882 por mês.
Os estudantes do ensino superior interessados, que podem ser de qualquer curso e região do país, deverão consultar as vagase se candidatar no aplicativo Santander Universitário, disponível para smartphones com sistema iOS e Android, a partir de 22 de janeiro.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

CASA QUE SERÁ DISPONIBILIZADA PARA O CONCURSO PC - BA EM SALVADOR !!!!

Resultado de imagem para CASA PARA ALUGAR COM PISCINA NO FAROL EM SALVADOR

Concurso Polícia Civil Bahia: SAIU O EDITAL! São 1.000 vagas | Delegado, Investigador e Escrivão

Resultado de imagem para eDITAL PC BA
Foi publicado em 19 de janeiro no DOE-BA o edital do concurso Polícia Civil Bahia. São 1.000 vagas para os cargos de DelegadoInvestigador Escrivão de Polícia.
A organizadora é a Fundação VUNESP  e o período de inscrições vai das 10h do dia  de fevereiro às 23h e 59 min do dia 2 de março de 2018, exclusivamente pela Internet no site da banca.
O valor da taxa de inscrição é de R$ 160,00 para o cargo de Delegado de Polícia e R$ 160,00 para os cargos de Investigador e Escrivão de Polícia.
A  remuneração para o cargo de Delegado de Polícia Civil é de até R$ 11.389,96 e de Investigador Escrivão de Polícia é de R$ 3.915,85.

Requisitos para o cargo

Para o cargo de Delegado de Polícia é necessário ter curso superior em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).
O cargo de Investigador de Polícia requer curso superior, reconhecido pelo MEC e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B.
Para ser Escrivão de Polícia, o candidato deverá ter curso superior, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação.

PC/BA: edital para 1.000 vagas sai nesta sexta (19) !!!

Polícia Civil
O edital do aguardado concurso público da Polícia Civil 2018 da Bahia (PC/BA) será publicado nesta sexta-feira, dia 19 de janeiro. A informação foi divulgada pelo próprio governador Rui Costa, na tarde desta quinta, dia 18, durante seu programa Papocorreria, em sua página do Facebook.  A oferta será de 1.000 vagas, sendo 880 para o cargo de investigador de polícia, 82 para delegado e 38 para escrivão.  A banca organizadora será a Fundação Vunesp

Para concorrer aos três cargos costuma ser exigida formação de nível superior, sendo sem distinção de áreas para investigador e escrivão e somente para formados em direito no caso de delegado. No último concurso da corporação para estes cargos, as remunerações iniciais foram de  R$ 2.665,91 para investigador e escrivão e podiam chegar a R$ 9.155,28 para os delegados, incluindo vencimento básico e Gratificação de Atividade Jurídica (GAJ).

A corporação solicitou a abertura do concurso para delegados, investigadores e escrivães em virtude de aposentadorias, exonerações e falecimentos de policiais. O pedido passou por análise da Secretaria de Administração quanto ao número de vagas disponíveis nas carreiras e pela avaliação da Diretoria de Planejamento Orçamentário, para verificar a disponibilidade orçamentária e financeira. 

A previsão é de que os aprovados sejam nomeados em julho. Durante o processo de seleção, os interessados serão submetidos a provas objetivas e discursivas.  Além disso, passarão por exames médicos e testes de aptidão física, ambas também com caráter eliminatório. A seleção também contará com exames psicotécnicos e investigação social. 

Último Concurso

A última seleção para estas carreiras, realizada em 2013, foi organizada pelo Cespe/UnB

Para todos os cargos, as provas escritas contaram com 100 questões, sendo 30 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além de duas questões discursivas. Para os delegados também foi aplicada uma peça cautelar. Além disso, os participantes foram submetidos a exame biomédico, avaliação psicotécnica, análise de títulos e investigação social

A parte de conhecimentos básicos, para todos os cargos, contou com questões sobre língua portuguesa, informática, promoção da igualdade racial e de gênero e medicina legal.

Em conhecimentos específicos para delegados, direito penal, direito processual penal, legislação penal e processual penal extravagante, direito constitucional, direito administrativo, noções de direito civil, noções de direito eleitoral e noções de direito agrário.

Para investigador e escrivão, em conhecimentos específicos, noções de direito penal, noções de direito processual penal, noções de direito constitucional e noções de direito administrativo.  

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Concursos da área fiscal exigem preparação antecipada !

Publieditorial
Concursos da área fiscal costumam atrair milhares de concorrentes – e não é para menos, uma vez que costumam oferecer algumas das melhores remunerações do setor público. Por isso mesmo, exigem preparação antecipada, para garantir um bom desempenho nas provas. Não dá para esperar pelos editais, a ordem é iniciar os estudos desde já. A Logga oferece cursos voltados especialmente para quem deseja apostar suas fichas e refinar seus conhecimentos nas disciplinas da área fiscal.


Um dos concursos mais aguardados, com chances concretas de ser publicado este ano, é o da Receita Federal. Os cargos da área fiscal acabaram sendo aqueles que tiveram mais vagas solicitadas ao Ministério do Planejamento, em comparação com outras carreiras do Ministério da Fazenda: ao todo, foram pedidas 2.083 vagas, sendo 630 para auditor-fiscale 1.453 para analista-tributário. Ambos os cargos têm requisito de ensino superior completo em qualquer área e proporcionam remuneração inicial de R$19.669,01 (para auditor) e R$11.132,21 (analista). Os valores incluem o auxílio-alimentação, de R$458.

Os últimos concursos foram abertos em 2012 (no caso de analista) e 2014 (auditor). As provas cobram conhecimentos em disciplinas como Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional e Administrativo e Administração Geral, além de Direito Tributário, Legislação Tributária e Contabilidade – esta última matéria, um dos carros-chefe da Logga.

Professor de Direito Tributário da Logga, Sandro Mendes defende o estudo antecipado para a Receita. “Este concurso é um dos mais difíceis e disputados que existem. Se ainda não foi autorizado, melhor ainda, pois dá tempo de se preparar de forma adequada. A dica que eu dou é: foco nas disciplinas com maior peso na nota final, como Direito Tributário, Legislação Tributária e outras. Mas sem deixar de lado as de menor peso, pois se exige mínimo por matéria para ser aprovado nesse concurso. O caminho é árduo, demanda muitas horas de estudo e você acaba tendo que renunciar a muita coisa na vida. Mas depois tudo isso vai compensar e você verá que todo o esforço valeu a pena!”, apontou.

AULA DE HISTÓRIA COM A PROF. THAIS FÉLIX / NA UNIDADE DE GARANHUNS !

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área interna

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área interna

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA DE SÃO JOAQUIM DO MONTE CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS EDITAL Nº 01/2017, PUBLICADO EM 20 DE DEZEMBRO DE 2017

Resultado de imagem para são joaquim do monte 

A Prefeitura do Município de São Joaquim do Monte, Estado de Pernambuco, através da Comissão devidamente nomeada para conduzir o presente processo de Concurso Público, por meio da Portaria nº 200, de 14 de novembro de 2017, devidamente autorizada pelo Prefeito João Tenório Vaz Cavalcanti Júnior, torna público o presente Concurso Público que visa à contratação de profissionais para as funções relacionadas no Edital.
 
O concurso público destina-se a selecionar candidatos(as) visando ao preenchimento de 190 vagas em 43 cargos na forma como se encontra estabelecido no edital.

Concurso PM RN 2018: Inscrições abertas com 1.000 vagas para Soldado de nível médio!


As inscrições do concurso público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte(Concurso PM RN 2018) estão abertas. De acordo com o documento publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 16 de janeiro, serão oferecidas nada menos que 1.000 vagas no cargo de Soldado. Do quantitativo de vagas, 938 são destinadas ao sexo masculino e 62 ao sexo feminino. O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) é o responsável pelo certame, que receberá os interessados até 08 de fevereiro.
Os salários serão de R$ 954,00 durante o curso de formação e R$ 2.904,00 após o ingresso. As inscrições do concurso serão realizadas no site oficial da organizadora do concurso(ibade.org.br). A taxa de inscrição custará R$100,00.

Requisitos do Concurso PM RN 2018

Para ingresso, o candidato deverá: I – ser brasileiro nato ou naturalizado, na forma da lei; II – possuir ilibada conduta pública e privada comprovada documentalmente, por folha corrida policial, certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Eleitoral, Militar, Trabalhista e Comum, demonstrando não estar o candidato respondendo a processo criminal ou indiciado cível ou criminalmente; III – estar quite com as obrigações eleitorais e militares; IV – não ter sofrido condenação criminal com pena privativa de liberdade ou qualquer condenação incompatível com a função policial militar; V – ter, no mínimo, 1,65 m de altura (sexo masculino) e 1,60m (sexo feminino), para o Quadro de Praças Combatentes; VI – ter, no mínimo, 19 (dezenove) e no máximo 30 (trinta) anos de idade, completos até 31 de dezembro do ano da inscrição, para o Quadro de Praças Combatentes; VII – ter concluído com aproveitamento o 2º grau ou equivalente, devidamente comprovado; VIII – não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva; e IX – obter aprovação nos exames intelectual, de saúde e físico, exigidos para inclusão, nomeação e matrícula.

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Concurso PGE PE Procurador 2018: Saiu o edital com salários de até R$ 13.648,64!

Resultado de imagem para P G E
Saiu o edital! A Procuradoria Geral de Pernambuco divulgou no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 17 de janeiro, o edital de concurso público (Concurso PGE PE 2018) para o cargo de Procurador. De acordo com o documento publicado, serão 10 vagas efetivas, além de cadastro reserva, para contratação durante a validade do certame. Do quantitativo de vagas, 10% serão reservadas aos deficientes.
O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Evento (Cebraspe) tem a responsabilidade do concurso PGE/PE 2018. Para concorrer a uma das vagas de Procurador, o candidato deverá ser brasileiro nato ou naturalizado; estar quite com as obrigações eleitorais; estar quite com o serviço militar, se do sexo masculino; ser bacharel em Direito, portador de diploma expedido por instituição de ensino superior ou reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC); estar inscrito na OAB; não possuir antecedentes criminais, provado por certidões negativas expedidas pelos cartórios de distribuição dos ofícios criminais; gozar de boa saúde, comprovada em inspeção pela junta médica do Instituto de Recursos Humanos (IRH).
As atribuições do cargo, áreas de atividade e especialidade são as estabelecidas no art. 132 da Constituição Federal, no art. 72 da Constituição do Estado de Pernambuco e no art. 3º e demais disposições pertinentes da Lei Complementar Estadual nº 2/1990, e suas alterações. O salário será de R$ 13.648,64, acrescido de gratificação de produtividade. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

CONTEÚDO DE DIREITO DA PREFEITURA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE


ASSISTENTE ADMINISTRATIVO. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 

Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (artigos 1 ao 230). 6. Decreto Nº 1.171, de 22 de junho de 1994 (Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal). Lei complementar nº 101, de 4 de maio de 2000 (lei de responsabilidade fiscal - estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências). 20. Lei de diretrizes orçamentárias - LDO. 21. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 (lei de acesso à informação). 22. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 (licitações e contratos da administração pública).