segunda-feira, 17 de agosto de 2015

INSS 2015: vereadores apoiam greve e pedem concurso !

INSS
Vereadores da Câmara Municipal de São Paulo divulgaram no Diário Oficial do Estado (SP) desta sexta-feira, dia 14 de agosto, uma moção em solidariedade à greve dos servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A paralisação tem o objetivo de reivindicar um reajuste salarial de 27,6%, além de celeridade na abertura do novo concurso público do órgão.

Na publicação, direcionada a presidente Dilma Rousseff e que reproduzimos abaixo na íntegra, os vereadores destacam que as reivindicações dos servidores grevistas são justas e pedem para que a presidente tente estabelecer um acordo que atenda as causas do movimento.

INSS tem até o dia 29 de dezembro de 2015 para publicar o edital de seu novo concurso público. Isso porque a autorização (portaria nº 251) para abertura de 950 vagas de técnico e analista foi concedida pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) no último dia 29 de junho e estabelece um prazo de até seis meses para que o edital seja lançado.

No entanto, a greve dos servidores pode fazer com que o edital seja lançado antes desse período. A assessoria de imprensa do INSS informou que já está elaborando o projeto básico do concurso e que, assim que esta etapa for concluída, a empresa organizadora será selecionada.

INSS afirmou também que tanto as 800 vagas destinadas aos técnicos, quanto as 150 oportunidades para analistas "serão destinadas à lotação nas Agências da Previdência Social, nas diversas regiões do país". No momento, o INSS conclui o mapeamento interno necessário à identificação daquelas localidades com maior carência de pessoal para fazer a distribuição das vagas. 

A expectativa é de que sejam abertas oportunidades para São Paulo e diversos outros Estados, como ocorreu no últimos concursos do INSS, que aconteceram em 2012 e 2013.

Íntegra da moção dos vereadores da Câmara de São Paulo

Confira abaixo o texto completo da moção elaborada pelos vereadores da Câmara de São Paulo em apoio à greve dos servidores do INSS:

"Excelentíssima Senhora Presidente Dilma Rousseff, apresentamos à Vossa Excelência a presente moção de solidariedade aos servidores em estado de greve, do Instituto Nacional do Seguro Social, visando obter reajuste salarial que compense perdas inflacionarias do último período; a redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais, sem redução de salário;concurso público e melhorias nas condições de trabalho.

Conclamamos à Vossa Excelência a pautar-se pelo diálogo com o movimento grevista, ouvindo as reivindicações dos seus representantes, para buscar efetivação de um acordo que garanta a continuidade do serviço prestado por essa categoria e o atendimento às justas reivindicações".

A moção é assinada pelos vereadores Toninho Vespoli (PSOL), Conte Lopes (PTB), Rodolfo Despachante (PHS), Natalini (PV), José Police Neto (PSD) e Ricardo Young (PPS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário