terça-feira, 2 de maio de 2017

Agentes Penitenciários ocupam prédio do Ministério da Justiça !

Cerca de 500 agentes penitenciários invadiram o prédio do Ministério da Justiça, na Esplanada dos Ministérios, na tarde desta terça-feira (2/5). O Núcleo de Apoio Operacional do ministério negocia com os manifestantes a liberação do local, mas os participantes não têm previsão de quando devem sair do prédio. A Força Nacional foi acionada e está posicionada na entrada do palácio.

Missão ocupar

“Nossa missão é resistir e ocupar. Em algum momento eles podem vir com força excessiva, sim, mas ninguém se despencou do seu estado para vir aqui e desistir. Prefiro morrer com um disparo. Vamos resistir”, disse um dos participantes do movimento.
A manifestação reúne agentes de diversos estados do país, que espalharam faixas no saguão do palácio. Os trabalhadores protestam pela aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 308/2004, que estabelece a polícia penal, e contra a Reforma da Previdência. A categoria deseja ser incluída nos grupos que terão um regime especial de aposentadoria.

Greve nacional

De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Servidores Penitenciários, Fernando Anunciação, será realizada uma paralisação caso as demandas não sejam atendidas.
“A greve nacional está marcada para esta sexta-feira (5). Se as reivindicações não forem atendidas, nós iremos parar. E uma greve no sistema penitenciário brasileiro será muito ruim. Ninguém poderá controlar esses presídios todos rebelados”, afirmou.
Segundo informações da Polícia Militar, o grupo quebrou a porta principal de entrada do edifício e bloqueou a entrada usando aparelhos de raio-X. Os participantes também desativaram os elevadores do edifício. Por volta das 17h20, políticos simpatizantes à causa dos agentes começaram a chegar ao local, como Lincoln Portela (PRB-MG).

Nenhum comentário:

Postar um comentário