terça-feira, 4 de julho de 2017

Concurso Correios: cresce a expectativa pelo edital !

Correios
Cresce a expectativa pela publicação do edital do novo concurso público que será realizado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios). Embora a assessoria de imprensa do órgão não tenha confirmado a data prevista para a publicação do edital, a expectativa é de que ocorra nos próximos dias, após a definição da oferta de vagas e últimos ajustes com a banca organizadora, que será o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). Mesmo com o atraso na liberação do edital, inicialmente previsto para ocorrer em maio, o concurso continua confirmado, de acordo com a assessoria. Desta forma, quem pretende participar deve aproveitar o atraso na liberação do edital para dar início ou intensificar seus estudos.
Embora desde 2012 seja aguardado um novo concurso para carteiros e operadores de triagem e transbordo, essas carreiras não serão contempladas na nova seleção, que será para cargos nas áreas de engenharia, saúde e segurança, com oportunidades para quem possui níveis médio ou superior.

Os cargos já estão definidos e serão os seguintes: auxiliar de enfermagem do trabalho júnior, técnico de segurança do trabalho júnior, enfermeiro do trabalho júnior, engenheiro de segurança do trabalho júnior e médico do trabalho júnior. 

A oferta de vagas será confirmada pela empresa, mas já está certo que a seleção contará com oportunidades para todos os estados do país, exceto para o Mato Grosso.

As remunerações iniciais são de R$ 1.876,43 para auxiliar de enfermagem do trabalho, R$ 2.534,14 para técnico de segurança do trabalho e R$ 4.903,05 para as carreiras com exigência de nível superior, com jornada de trabalho de 44 horas semanais.

Como benefícios, a os Correios oferecem vale-alimentação/refeição, vale-transporte, auxílio-creche ou auxílio-babá, auxílio para os filhos dependentes portadores de deficiência física, assistência médica e odontológica ambulatorial extensiva aos dependentes durante o período de experiência e, após este prazo, assistência médica e odontológica compartilhada,extensiva aos dependentes, em ambulatório próprio e rede credenciada.

Para concorrer ao cargo de auxiliar de enfermagem do trabalho é necessário possuir ensino médio e curso de auxiliar de enfermagem, bem como anotação em carteira de identidade expedida pelo órgão de classe.

No caso de técnico de segurança é exigido ensino médio e curso de técnico de segurança do trabalho, bem como anotação na carteira de identidade profissional, expedida pelo órgão de classe. Para enfermeiro, engenheiro de segurança e médico, para concorrer será necessário possuir formação de nível superior e registro no respectivo conselho regional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário