sábado, 22 de julho de 2017

TRT/RN: autorizado concurso para técnico e analista !

TRT
Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, no Rio Grande do Norte (TRT 21ª) realizará um novo concurso público para servidores em seu quadro de pessoal. O primeiro passo ocorreu no último dia 19, quando a seleção foi autorizada pela presidente do órgão,  desembargadora Auxiliadora Rodrigues, que também já constituiu a comissão que ficará responsável pela elaboração do edital, que deve ser publicado até o final deste ano

Embora os cargos e áreas ainda não estejam definidas, a expectativa é de que sejam para as carreiras de técnico e analista, em diversas áreas de atuação.

A comissão é presidida pelo juiz auxiliar da presidência Cacio Oliveira Manoel e conta, ainda, com os servidores Tiago Lima Rodrigues e Ivan Sampaio Mendes. 

No caso de técnico, para concorrer é necessário possuir apenas ensino médio, enquanto para analistas é exigido nível superior, em qualquer área ou em áreas específicas, de acordo com a função.

A remuneração inicial dos técnicos é de R$ 7.320,20, já considerando a gratificação de atividade judiciária e o vale-alimentação. Para os analistas, já com os complementos, o inicial é de R$ 11.444,13.



Reajustes

Além disso, em decorrência da lei 13.317, sancionada pelo presidente Michel Temer em 2016, os servidores contarão com mais quatro reajustes, até o início de 2019, respectivamente, em 1º de novembro, 1º de junho de 2018, 1º de novembro de 2018 e 1º de janeiro de 2019.

Desta forma, com os atuais valores dos benefícios, os iniciais dos técnicos irão para R$ 7.601,10; R$ 7.887,24; R$ 8.178,65; e R$ 8.475,36. Para os analistas, as remunerações vão para R$ 11.904,90; R$ 12.374,34; R$ 12.852,49; e R$ 13.339,30.



Último concurso

A tendência é de que as áreas de atuação para o novo concurso sejam semelhantes às do certame anterior, que ocorreu em 2010. Na ocasião foram oferecidas 53 vagas, com um total de 25.645 inscritos. A banca organizadora foi o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Do total de postos, seis foram para técnicos e 47 para analistas. As duas carreiras também contaram com cadastro reserva de pessoal.
Para os técnicos, as opções foram para a área administrativa, que pede apenas ensino médio, sem formação específica, e tecnologia da informação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário